Coletivo lança estudos sobre infâncias e adolescências invisibilizadas pelo Estado dia 15/12

Uma série de estudos focando nas infâncias e da adolescências invisibilizadas nas políticas públicas, a partir da ótica da educação, será lançada 15 de dezembro, quarta-feira.

Os estudos tratarão de temas relacionados à garantia de direitos humanos, o projeto, que tem o nome “Infâncias e Adolescências Invisibilizadas: da escola ao cotidiano – a prioridade absoluta abandonada pelo Estado”. É composto por oito pesquisas que sistematizam dados e apresentam novas leituras aprofundadas sobre a ausência do Estado como assegurador de direitos de crianças e adolescentes, em suas diversidades e diferenças

Os trabalhos foram desenvolvidos em uma agenda coletiva de pesquisa e política, com entidades e movimentos populares defensores de direitos humanos. Dentre elas o SEFRAS.

A iniciativa busca contribuir para o advocacy nacional na área de infância e adolescência para educação, proteção social e direitos de maneira geral. Haverá lançamentos aprofundados e debates dos estudos em audiências públicas ao longo de 2022.

O projeto será lançado na quarta-feira (15/12), às 18h30, com pesquisadoras e representantes das entidades. A transmissão acontece no YouTube da Campanha Nacional pelo Direito à Educação e será retransmitida nos canais das entidades envolvidas.

Em defesa do trigo

Em defesa da pureza do trigo, elemento essencial da cultura cristã! O Trigo, grão essencial do pão nosso de cada...

Faces da Pandemia da Fome

Faces da Pandemia da Fome

Vivemos a pior fase da pandemia da COVID-19, e com o aumento das restrições para conter a transmissão do vírus,...

Faça sua doação