Dia Internacional da Pessoa Idosa: por um envelhecimento com qualidade de vida!

Foto tirada em 2019.

Com objetivo de sensibilizar a sociedade para as questões do envelhecimento com qualidade de vida, a Organização das Nações Unidas (ONU) instituiu o dia 01º de outubro, em 1991, como Dia Internacional do Idoso. No Brasil, doze anos depois, foi sancionada a Lei nº 10.741, que tornou vigente o Estatuto do Idoso.

O Estatuto do Idoso é uma ferramenta constitucional que protege e garante direitos primordiais para a pessoa idosa. Porém, ele é pouco conhecido pela população, e isto se reflete na dificuldade do idoso em acessar serviços públicos e direitos essenciais como habitação, saúde, alimentação e segurança.

De acordo com o IBGE, a população brasileira está envelhecendo, e em 2060 teremos um idoso para cada quatro pessoas, ou seja, quem não é idoso estará envolvido no cuidado de alguma pessoa idosa.

O trabalho com os idosos no SEFRAS começou antes mesmo da fundação formal em 2000. Ao longo desses 20 anos, tivemos diversos espaços e experiências, que com a aprovação do estatuto passaram a atuar para além da acolhida, mas na perspectiva da defesa dos direitos por ele propostos.

Atualmente, o programa SEFRAS Idoso possuí dois espaços que promovem o protagonismo e inserção social de aproximadamente 200 pessoas, a partir de atividades interdisciplinares, como oficinas de artesanato, dança, coral, atividades físicas, fisioterápicas e socioeducativas, além de seminários e palestras voltados a esse público.

O Centro de Convivência e Apoio ao Idoso – Casa de Clara, na zona Leste de São Paulo, e o Recanto São Francisco no município de Pindamonhangaba tem como compromisso acolher, cuidar e defender a pessoa idosa a partir da perspectiva do envelhecimento com qualidade de vida. Para isso temos uma equipe multiprofissional composta por assistente social, psicólogo, terapeuta ocupacional, nutricionista e enfermeiro.

Durante a pandemia do novo Coronavírus, seguindo as orientações das autoridades da área da saúde, os idosos estão em casa, cumprindo a quarentena e o isolamento social. Porém, os serviços foram reorganizados para que o atendimento pudesse ser garantido de maneira remota através de vídeos informativos, ligações semanais para os idosos, acompanhamento às famílias e cuidadores e também, o fornecimento de cestas básicas.

Para Yamin Alves, coordenadora do SEFRAS Idoso – Casa de Clara, “celebrar os 17 anos do estatuto reforça nosso compromisso na luta pela garantia de direitos desta população. Porém, temos muito o que avançar. É preciso dar visibilidade à temática, pois muitos ainda não a conhecem. Vamos fortalecer o Estatuto do Idoso, ele nos ajuda a garantir uma velhice ativa e saudável!”

Para celebrar esse mês especial programamos um ‘Ciclo de Lives’ que acontecerão todas as quintas-feiras, com transmissão em nosso Facebook, com as seguintes temáticas:

  • 08/10 – Tema: O Estatuto do Idoso: Contextualização da luta histórica
  • 15/10 – Tema: Título III – Direito à alimentação, saúde e vida
  • 22/10 – Tema: Título II -Habitação, Medidas de proteção e Política de atendimento ao Idoso
  • 29/10 – Tema: SEFRAS: 20 anos de Acolhida, Cuidado e Defesa da Pessoa Idosa

Participe conosco e nos ajude a garantir vida para nossos idosos e idosas!

Em defesa do trigo

Em defesa da pureza do trigo, elemento essencial da cultura cristã! O Trigo, grão essencial do pão nosso de cada...

Faces da Pandemia da Fome

Faces da Pandemia da Fome

Vivemos a pior fase da pandemia da COVID-19, e com o aumento das restrições para conter a transmissão do vírus,...

Faça sua doação